quinta-feira, setembro 21, 2006

Modo off


(Porque por vezes sinto-me desligado de toda e qualquer réstia de contacto com o mundo que me faz respirar e viver como o que queria. Porque o tempo é quase exclusivamente dedicado ao lado profissional ou, se preferirem, o mundo que alguns querem que seja real e nada mais que esse lado exista. Porque sinto que não há livros, não há música, não há amigos, não há sol, não há ondas, não há nuvens, não há paixão, tudo me foi retirado e as engrenagens absorveram-me no seu movimento perpétuo e repetitivo. Porque a alma reclama por distúrbios emocionais mas o corpo apenas anseia pelo descanso e pelo sono reconfortador. Porque as horas passam à velocidade de segundos, os dias rapidamente se convertem em noites e, olhando para trás, nada me deixou saudades e sei que amanhã tudo recomeça. Porque a ânsia de passar as portas do sol para lá da rotina cresce a cada vinte e quatro horas que se sucedem. Porque sei que nesse momento vou estar longe, bem longe das correntes que neste momento me apertam, e que me fazem pensar que algo na minha vida está fora de controlo.)


The lights that move sideways and up and down
The beat takes you over and spins you round
Our hearts steady-beating, the sweat turns to cold
We're slaves to the DJ and out of control

5 comentários:

cuotidiano disse...

"Gosto da vida, não gosto é da vidinha"

Alexandre O'Neill (citado de cor, espero não estar a errar nada...)

Um abraço

PS - Será a tua blogosfericamente célebre chefe que te está a "torrar"? Se assim for, podes sempre seguir o conselho dos "Contos do Gin Tonic", do Mário-Henrique Leiria, no texto "Casamento"


“Na riqueza e na pobreza, no melhor e no pior, até que a morte vos separe."

Perfeitamente.

Sempre cumpri o que assinei.

Portanto estrangulei-a e fui-me embora.

o anónimo do costume disse...

Melhor sugestão do que a daqui de cima, duvido que se arranje. Mas, ó amigo, se sabes "que amanhã tudo recomeça", ergue a cabeça e empurra a tua pedra, porque "é preciso imaginar Sísifo feliz"...

A disse...

"Sick of trying to find a way inside
Sick and tired of all the after
Sick of trying ot find a way to slide
Even though it always ends in laughter
Its never hard to tell when things are done
She looked into my eyes and a voice said RUN
She says that im a mess but its alright
Whether its 2 weeks, 2 years or just tonight"

Eh pá,as porcarias que nós andamos a ouvir... same state of mind, my friend...

(eu gosto mais desta)

Beijos Guronsan...

Sea disse...

Não vou fazer grande comentário (nem inteligente, nem sarcástico :D), mas gostei tremendamente deste post.
Beijo

Nuno Guronsan disse...

Amigos e amigas, o cansaço é a única explicação para escritos como este que vocês comentaram. Em breve (espero eu) a emissão voltará aos níveis regulares e o ânimo será outro. Obrigado pelas sugestões diversas, mas agora não há outra solução que não seja esperar pelo novo ano para que haja mudanças significativas nos meus textos relacionados com o lado profissional. ;)

Abraços e beijos.