domingo, setembro 03, 2006

Labirinto

"Curva e mais outra curva. Este lado não tem saída, ou seria daquele lado? Já não passámos por estas árvores? Mas quem é que se lembra de fazer um jardim assim? E ainda por cima com um calor destes... Não há paciência, será que as pessoas não podem ler, beijar-se ou deitar-se noutro lugar? Tenho de arranjar um jardim só para mim..."



6 comentários:

nunf disse...

A Gulbenkian será sempre para mim um lugar mágico onde o jardim se descobre e as recordações de criança brotam em cada recanto, em cada estátua re-encoontrada ou em cada estátua desaparecida.
Obrigada pelas lembranças...
**s

Alexandra disse...

Que saudades... ao tempo que lá não vou...

Bjocas

antimater disse...

Ainda há muitas coisas boas!

Dos links também gostei...

Nuno

Anónimo disse...

Adoro este jardim, de vez em quando vou lá passear...aproveitem para ver a exposição O GOSTO DO COLECCIONADOR: CALOUSTE S.GULBENKIAN (1869-1955) e ainda por cima é de borla!
Kygali

Sea disse...

Ah! E fantásticas molhas se apanhavam nesses jardins :D

Micas disse...

Que saudades...há anos que não vou ao jardim da Gulbenkian.
Conheces o de Serralves?
Boa semana :)