quinta-feira, janeiro 12, 2006

Apagão

Vou aproveitar as últimas réstias da bateria do meu portátil enquanto vamos quase em 24 horas de apagão em Agualva-Cacém. Parece que apenas nestas horas nos lembramos da importância que a electricidade tem nas nossas vidas, e nem falo na televisão ou na aparelhagem, mas sim nas coisas que vão descongelando no frigorífico, na luz que preciso para fazer a barba... Enfim, hoje quando cheguei tinha a sensação de estar a entrar numa cidade fantasma e.... Ooopps... Lá se foi a bateria...

2 comentários:

o (também suburbano) anónimo do costume disse...

Toda a minha solidariedade. Já viste ao que chegamos?! Já não basta a condição por natureza desfavorecida da vida arrabaldina, depois ainda há classismos, "Suburbanos" de primeira, a quem não falta a luz, e o povo mesmo, os desgraçados, verdadeiramente aqueles que no ditado são o "mexilhão"...

Nuno Guronsan disse...

Assim se vê quem é o verdadeiro Suburbano...