domingo, novembro 13, 2005

Um Final Feliz

Acabei de ver no cinema a última criação de Hayao Miyasaki, O Castelo Andante. Miyasaki, criador de Heidi, Marco, Conan e, mais recentemente, A Princesa Mononoke e A Viagem de Chihiro, continua o seu percurso de cinema de animação mais tradicional, com apenas algumas pitadas digitais, mas longe do universo de um Shrek ou um Ice Age. Também por isso o argumento é menos humorístico e mais romântico e mágico. E é sempre bom, por um momento, acreditar que a vida pode mesmo ser um conto de fadas, no qual até pela magia se consegue acabar com um dos piores flagelos da humanidade, a guerra. Bravo, Miyasaki-san.

1 comentário:

nunf disse...

Concordo inteiramente...
:)