quinta-feira, novembro 17, 2005

Arrepios (e não é do frio!)

Amigo Luis Delgado,

compreendo perfeitamente que o seu candidato seja o prof. Cavaco Silva. Compreendo perfeitamente que no discurso amorfo e distante da realidade da maioria dos portugueses do prof. veja uma "estratégia correcta que Cavaco iria evitar as tricas políticas de campanha e que faria o seu percurso, até por estar sozinho no seu espectro político". Também percebo que na imagem completamente antagónica que o prof. mostra neste momento, quando comparada com os seus anos enquanto PM, veja "uma imagem tão boa, e sólida, e de confiança numa maioria significativa de eleitores". O que já me custa aceitar é que utilize uma frase como "Basta deixar correr o tempo e ter a humildade de aceitar o que os eleitores desejam". Onde estava essa frase guardada quando o eng. José Sócrates garantiu a maioria absoluta? Eu recordo-lhe o que escreveu nessa altura: "A outra grande questão é saber se tudo seria assim, da mesma forma, com outro líder do PSD e do PP. Obviamente que sim."

Ou seja, deixou a leve dúvida de que se calhar o Eng. Sócrates ganhou quase por sorte... Enfim, prefiro pegar na sua frase mais recente e dizer que, na minha humildade, apenas desejo que o prof. Cavaco Silva seja exilado para o atol mais próximo, onde poderá escalar a quantos coqueiros desejar...

6 comentários:

José Raposo disse...

Não me parece nada bem criticares as opiniões de Luisa Delgado. Especialmente nesta altura do Natal. Ao fim ao cabo o Luis Delgado é ums especie de arcanjo Gabriel da social-democracia deste país :)

o anónimo do costume disse...

Epá, não estejam sempre a lembrar o rapaz que é Natal! Isso não tinha já ficado claro?! Depois vais ter que lhe aturar a depressão da época...

o anónimo do costume disse...

P.S. - Mas quem é que deu ao Só a indicação deste blog? É que assim ficamos mas é todos com a depressão...

Só disse...

Só... depressão... hmmm.... este anónimo é chato comó raio. Vai cagar, pá.. que o teu mal é sono.

Nuno Guronsan disse...

Bom, vamos lá a ver a linguagem, acho que não fica bem entre amigos estarem com essas coisas... O meu blog é democrático, mas eu não tenho muita pachorra para birras... Paz e amor!

o anónimo do costume disse...

Devido à reacção, e a bem da minha integridade física, agradeço que não me identifiquem junto do Só...