quarta-feira, novembro 16, 2005

Recordar as Filipinas - I

(Crónica escrita em Maio de 2000, durante uma viagem às Filipinas, e que serve de desculpa para ir postando enquanto a musa da inspiração não regressa.)

É verdade que a viagem já aconteceu há mais de um
mês atrás (de 5 a 14 de Maio), mas só agora tive algum tempo para reunir umas quantas palavras sobre o assunto...

Antes de mais, um agradecimento ao Jorge Silva (PC3) e ao Sérgio Esteves (PC2), por terem sido um excelentes anfitriões...Kamsa Hamnida, pessoal!!!

Então tudo se passou assim: vou passar por cima da viagem pela Phillipines Airlines, pois não gosto de recordar coisas más...E ainda nos queixamos da TAP...Chegamos a Manila, sexta-feira, 23 horas...Temperatura: 29 graus!!! Isto promete!!! Primeiros comentários do Jorge: "Vocês estão tão pálidos!!!"...pois, parece que já nos começamos a parecer com os nossos amigos coreanos...os meus olhos já devem estar a começar a ficar em bico...enfim....

Depois de deixarmos as coisas em casa do Jorge, directo para a night de Mania...e que night...Parecia que tinha regressado a Portugal: pessoas simpáticas, bares abertos até às tantas, música como deve de ser, enfim todos os ingredientes lá estavam....claro que o alcool também marcou a sua presença, só não me lembro se marcou muito ou pouco...bem, não interessa.....só sei que não dormi absolutamente nada, pois às 6:30 tinhamos de estar num autocarro, preparados para viajar para a região de Laguna, onde iríamos acampar durante o fds e conhecer as Hidden Falls....

Bom só posso dizer que valeu a pena. A caminhada pelo monte acima demorou para aí uma hora e meia e já nem sequer sentia nenhum músculo no meu corpo, mas em compensação tive o privilégio de assistir a cenários paradisíacos como este que aqui ao lado...Lindo de morrer....

Bom, chegados ao local de acampamento foi altura de beber uns quantos cocos...e que bem que soube depois de uma caminhada tão longa...Tratámos de montar tenda (actividade na qual reconheço que sou um zero à esquerda) e começou a dar para conhecer melhor o pessoal Filipino que estava connosco...Do melhor, como diria uma personagem do Norte de Portugal que, parece que ainda vagueia por Marte nesta altura...

Finalmente as Hidden Falls!!! E como podem ver pela fotografia que vem lá no cimo, são lindíssimas!!! Parece que existem uma série delas espalhadas pelas montanhas por onde andámos...Uma das muitas pérolas que as Filipinas escondem por detrás da sua pobreza, falta de organização e, segundo os últimos relatos, ataques bombistas...Só para terem a total certeza de que estive lá, aqui fica uma foto deste vosso criado Guron-san a nadar naquela águinha fresquinha....Que bem que soube e que saudades ficaram....

E foi assim durante todo o fds...Durante a noite de sábado para domingo, não podem imaginar o basqueiro que se fez naquela autêntica selva...Lembrem-se que eu, Miguel Guron-san e Jorge Pynoiboy estamos de directa sem qualquer horita de sono, tirando as do autocarro....Mas quando os Filipinos agarram numa guitarrada é muito perigoso....Foi música até às tantas...Lembro-me de ter desistido, ter ido para a tenda "tentar" dormir, e por volta das 2 da manhã, alguém berrava "e músicas dos Guns N´ Roses, sabes tocar???"....Meu Deus, foi uma noite para esquecer....

Ah, mas antes disso houve outras coisas interessantes: eu e o Jorge tivémos de cantar o "Menina Estás À Janela", como prova da nossa participação nas actividades dos Mountain Campers, o grupo que nos levou com eles...Assim, eu e ele, de joelhos, a cantar essa linda música portuguesa, para uma bela Filipina...acho é que o namorado dela já não estava a achar muita piada, mas que interessa isso???


Pormenor delicioso (no verdadeiro sentido da palavra) que brilhou mais que outra coisa durante este primeiro fds filipino: estão a ver o belo exemplar da família dos répteis que o nosso amigo Sérgio está aqui ao lado a segurar??? Mas estão MESMO a ver a cara do bicharoco??? Adivinhem onde é que o pobre do bicho foi parar??? (e agora estou a falar a sério, fora de brincadeiras) ÀS NOSSAS BARRIGUINHAS!!! Pois é, eu a pensar que nada poderia bater as comidinhas da Coreia, e logo esta gente põe-me lagarto no prato...Sim, comêmo-lo e devo dizer que era delicioso, com um travo similar aos nossos frangos...Um manjar que, entre filipinos e portugas, desapareceu num instante...Sportinguistas de todo o Mundo, agora posso dizer bem alto: LAGARTOS, ATÉ VOS COMEMOS, CARAGO!!!!

Bem, e assim se passaram dois dias...Não vou falar no trânsito horrível de Manila, que fez com que a viagem de regresso demorasse mais do dobro do tempo que tinha demorado a ida....Nem vou mencionar a copiosa chuva tropical que caiu nessa tarde de Domingo...Só sei que dormi que nem um santinho nessa noite e todo o meu corpo pedia já uma massagem...

Tendo em conta a quantidade de peripécias que se passaram, ainda devo ter material para mais duas edições especiais sobre "o país onde tudo acontece" (Jorge dixit).

Beijufas e abracetes (HSequeira copyright ®)
Nuno Guron-san
PS - Deixo aí a foto de família....Tentem procurar os portugas.....

6 comentários:

José Raposo disse...

Finalmente uma lufada de ar fresco do meu amigo quando já estávamos preocupados com a sua fixação com o natal... Bem lufada de ar fresco é capaz de ser pouco compativel com 29 graus, mas de qualquer forma sabe sempre bem estas reportagens in loco noutras paragens para desanuviar um pouco do ambiente deste país

Nuno Guronsan disse...

E não te esqueças que eram uns 29 graus com um nível de humidade muito, muito lá no cimo.
Voltarei a estas crónicas sempre que não tiver pachorra para escrever alguma coisa de jeito...

Só disse...

Man.. faltam as fotos do lagarto. Eh pá.. tu já comeste um lagarto.. Acho que devo ficar preocupado..

o anónimo do costume disse...

A obsessão do Só com o lagarto e com o facto de comeres lagartos é preocupante... a "Liga dos Lagartos Decentes" estará atenta ao desenvolvimento da questão. Com esta crónica as Filipinas passam a fazer parte dos destinos desejados, ainda que o meu plafond de Km não deva dar para tanto...

Nuno Guronsan disse...

Amigo anónimo, fica descansado que ainda me restam dois tomos nesta aventura filipina, de modo que vais ter mais razões que suplantarão sem problema qualquer tipo de plafond...

Só disse...

Bem.... O anónimo lá terá que pagar o excesso. E mai nada