segunda-feira, março 19, 2007

Todos os dias...

Não sei o que escreva este ano, muito provavelmente porque o sentimento continua a ser o mesmo do ano passado. Por isso, e porque assim que acabei de ler as palavras do SK, achei que as podia pedir "emprestadas", aqui deixo um excerto que acho que tem tudo a ver contigo, pai.

"Tu és o homem do momento. De obra feita, dir-se-ia em linguagem corrente. Mas ainda com muito para acompanhar na conservação da mesma, tão necessitada ainda da tua intervenção."

E, já agora, deixo por aqui uma onda sonora que sei que gostas, por mais anos que passem...


2 comentários:

Stephen King disse...

Obrigado :)

Um Abraço a ti e ao teu pai, pois claro :)

Gi disse...

ah a coragem de dizer dizendo, essa qualidade rara.
ou de como a força se encontra na aparente e delicada filigrana que envolve o coração.
um abraço.
gi.