sábado, agosto 26, 2006

Fechem as portas!

"A Federação Portuguesa de Futebol anunciou, este sábado, ter marcado uma reunião para quarta-feira de «caracter extraordinário» com os órgãos federativos, para analisar o caso Mateus."

(Diário Digital)

Ou, em alternativa muito melhor, fechem o país enquanto não se resolver esta questão gritante que poderá definir todo o futuro da nossa nação. É essencial que não sejamos distraídos com coisas mesquinhas como economia, desigualdades sociais, participações em conflitos médio-orientais ou desertificação do nosso interior, enquanto não resolvermos a crise que se abateu sobre essas três instituições fundamentais que são o Belenenses, o Gil Vicente e o Leixões. E o nosso Presidente da República? Não diz nada, não intervém? Será que ainda temos que pedir ajuda ao George W. para resolvermos este abismo em que o país foi lançado? Chamem a FEMA! Já!

4 comentários:

PenaBranca disse...

Quem é esse Senhor Mateus? Alguém se interessa?

Nuno Guronsan disse...

A questão é mesmo essa, meu caro imigrante, há mesmo muita gente que se interessa por isto. Como gostamos de coisas em grande, ainda vamos a tempo de ultrapassar a Itália em termos de fraudes futebolísticas...

nunf disse...

Mas o Futebol é que interessa, o resto alguém há-de resolver, ou não...
:∫

miguelinho disse...

O futebol é verdadeiramente o espelho do pais que temos, na corrupção (o caso do apito dourado é um bom exemplo), na incapacidade das instituições resolverem atempadamente as coisas (como é exemplo este caso Mateus), nos dirigentes desportivos que temos, onde a falta de profissionalismo é constrangedora (tal como em tantos outros ramos da vida "civil") e até mesmo no excesso de emigração (este ano entre primeira e segunda ligas estão inscritos mais de 200 jogadores estrangeiros).