domingo, dezembro 24, 2006

Véspera

Para mim, Natal significa partilha. Partilha de nós próprios, do amor que sentimos pelos outros, e do amor que recebemos dos outros. Apenas este triunvirato importa. Não se trata de pinheiros, nem de presentes e muito menos de iluminações absurdas. Se quiserem, é uma altura do ano em que não há restrições para a quantidade de sorrisos que podemos presentear-nos todos os dias. Ninguém nos pode criticar porque assobiamos, cantamos ou mesmo rimo-nos sem motivo aparente. Ninguém nos vai achar mais insanos por causa disso. E isso, garanto-vos, é o que acontece, salvo algumas excepções, no meu Natal. Mais precisamente, neste Natal. Sei que vai ser um Natal inesquecível, que vou ter que arranjar mais espaço no disco rígido para as memórias que vou ter de guardar. E tudo porque vou estar rodeado de pessoas que muito amo e que sei que nutrem o mesmo sentimento por mim. Que todas elas vão fazer com que muitas das minhas preocupações e angústias desapareçam por uns dias, para serem substituídas por infímos momentos de prazer e alegria e que não têm preço. Porque vão contribuir para mais um encerrar de ciclo. Aliás, o Natal também significa isso para mim, balanço, fecho, regularização de "contas", novo percurso, inícios novos, muito mais que o fim de ano. Mas se por um lado sei que vou ter um Natal realmente festivo, por outro também derramo alguma tristeza do meu coração, pois ao mesmo tempo gostava de estar com algumas pessoas que sei que vão ter um Natal com lágrimas. Pessoas que vão sentir a falta de alguém que não vai estar com elas quando abrirem os presentes à meia-noite. Pessoas cujas lágrimas eu podia "guerrear" com a minha presença, com o meu amor, com a minha amizade, com o meu sorriso. Pessoas que amo incondicionalmente e em quem vou estar a pensar, mesmo no meio da confusão generalizada da consoada.

Desejo a todos os meus familiares, amigos, colegas e visitantes "bloguistas" um feliz Natal e que a felicidade do Natal que vou ter este ano chegue também aos vossos lares, onde quer que se encontrem.

Fica aqui uma das razões pelo qual sinto ainda mais alegria neste Natal de 2006. A certeza convicta na minha alma de que não me limitei a uma existência normal. Obrigado.

(Clique na imagem e também aqui)

10 comentários:

Sérgio Abreu disse...

AMIGO, UM BOM NATAL PARA TI E PARA OS TEUS E DESEJOS DE UM FELIZ E PROSPERO ANO NOVO! -

Anónimo disse...

OBRIGADA AMIGO PELA TUA LINDA MENSAGEM! SEI Q NÃO É SÓ P MIM MAS É COMO SE FOSSE ESCRITA SÓ PARA MIM (pelas razões q tu bem conheces)!o meu balanço agora é todos os dias! (incluindo o blogue q eliminei à espera de outros dias,de satisfação e realização...quem sabe voltarei. Agora não.) e desculpa lá, mas prefiro a passagem de ano. E Natal é todos dos dias!
Beijos doces e carinhos sem fim!!!!
Santo Natal p ti e toda a família
sonialx

NUNO FERREIRA disse...

Feliz natal. Tudo de bom para ti e os teus!

laranjeiro disse...

Nuno, das quentes terras brasileiras segue um grande abraço
que o teu Natal esteja ainda sendo maravilhoso

Nuno Várzea disse...

Ohhh Pá...
Feliz Natalidades para os teus. Teus familiares, amgigos e quem quer que seja.

Não deixa e ser engraçado, ter-se inventado um dia para se estar em comunhão com amigos família e afins. Não deveria ser assim a maioria dos dias do ano?

É como diz aí a tua amiga, o Natal é todos os dias, o fim-de-ano é uma vez de 365 em 365 dias se o ano não for bisexto.

Anónimo disse...

Olá Amigo, um bom Natal tambem para ti e para toda a tua Familia. O dia 25 já lá vai mas... o Natal é todos os dias, é sempre que queremos.
Beijos
Raquel

Anónimo disse...

Nuno Várzea, visitei a tua página e ADOREI AS FOTOS!!!!!!!!!! E boa sorte p o projecto da casa!!!!! bom ano p ti!!!
sonialx

Dolo Eventual disse...

Um feliz Natal e um excelente ano novo.
Abraço.

Anónimo disse...

Um grande abraco!

Pedro

PenaBranca disse...

e sim, fui dos tais com lágrimas nos olhos. mas lá se passou o natal, agora que venham mais, pois a vida continua. rijo abraco e boas festas.