domingo, dezembro 10, 2006

A Bóia Nocturna


(Via Beicinho, com a devida vénia)

8 comentários:

Anónimo disse...

Isto de noite tem sempre outro impacto :)

Anónimo disse...

Parece um donut. Isto há gostos para tudo!
Podias ter aparecido, lá para os lados onde almoçamos!!!
Beijocas

cristal disse...

é natal, é natal, lálálá,...

Nuno Guronsan disse...

Canochinha, impactos há muitos e este definitivamente não é dos melhores ;)

Um donut! É isso mesmo! Será um prenúncio de uma abertura do Dunkin Donuts no Cacém? Assim até valia a pena assistir a estas coisas espalhadas por aqui... Lamento, mas não dava, estava mesmo a precisar de descanso. Mas algo me diz que mais tarde ou mais cedo havemos de nos cruzar por aí...

Mais canções de natal... Ou serão canções de cristal? ;)

Beijokas!

Sea disse...

:D para quando uns remos?
beijos

Anónimo disse...

Parece o logótipo da Sonae mas versão bolo rei ao invés do tradicional donut! Biutuful!

As doenças mentais estão de óptima saúde :)

Nuno Guronsan disse...

Há uns anos atrás quando o Cacém também tinha cheias, tinham dado jeito... as bóias e os remos, Sea ;)

Tinhas mesmo que ter mencionado a Sonae? Bolas, que pontaria! Não te esqueças de ir ao bookcrossing com as doenças mentais!

Beijos às duas!

cuotidiano disse...

O quê, o Cacém já não tem cheias??

Então afinal já não é preciso regularizar a ribeira! Avisem o Sócrates - afinal o Polis vai sair mais barato (e sempre se baixa o deficit em 0,000000001%)!

Um abraço