quarta-feira, dezembro 27, 2006

Memórias

Não conseguia pensar noutra coisa que não fosse o vento. Era sempre a primeira coisa que lhe vinha à cabeça quando recordava aqueles dias de folia. Primeiro a inocência das brincadeiras de criança habituais nos domingos de praia com a família. Depois a inocência perdida nos braços dela, no seio das dunas que se agitavam com o mesmo vento de sempre. Os seus corpos presos um ao outro, o calor do sol misturado com o seu próprio calor, a areia que voava ao redor deles. E onde tinham ficado esses dias? O tempo tinha-os enterrado bem fundo no seu coração, a memória tinha ajudado a cavar esse buraco. A imagem dela era já bastante desfocada, apenas se lembrava do azul dos seus olhos, que faziam o céu ficar pálido e as ondas do mar recuarem de vergonha. Um azul suficientemente poderoso para que ele se tenha perdido uma e outra vez na sua imensidão. E no entanto, tudo lhe era pouco familiar. As fotografias ajudavam-no a recordar-se, mas pouco mais. Apenas o som do vento nos seus ouvidos e a areia a bater-lhe suavemente no rosto. Apenas isso.

6 comentários:

Anónimo disse...

Uma das memórias mais presentes que tenho é a de estar a ver o mar num dia de inverno.
O vento levantava a areia e eu, pequena, encontrava no meu pai o paravento perfeito. Lembro-me de fechar os olhos e ouvir o barulho do mar e as rajadas de vento forte a isolar-nos de tudo o resto. Devo ser das poucas pessoas que adora dias desses na praia.

Obrigado pela lembrança.

ZE disse...

AH QUE BOAS RECORDAÇÕES!...
AQUELA GRANDES MAMADAS QUE ELA ME FAZIA NAS DUNAS!...

Anónimo disse...

Guincho?...

cuotidiano disse...

"apenas se lembrava do azul dos seus olhos, que faziam o céu ficar pálido e as ondas do mar recuarem de vergonha"

É estranho o que`às vezes fica das nossas relações, não é?... um cheiro, uma imagem, um objecto, uma canção, um... vento.

Um abraço

doceKin disse...

Olha ñ tinha dado conta q a minha pergunta tinha ficado anónima... Hum...

Nuno Guronsan disse...

Costuma-se dizer que quem cala consente...