segunda-feira, janeiro 29, 2007

Paciência

substantivo feminino


1.
capacidade de suportar males, incómodos e dificuldades com tranquilidade;

2.
resignação;

3.
persistência; perseverança;

4.
passatempo que consiste em formar as diferentes combinações possíveis com as cartas de um ou mais baralhos;

5.
CULINÁRIA biscoito redondo, achatado e de pequenas dimensões, geralmente com sabor a limão;

paciência! exclamação designativa de resignação;

paciência de Job paciência extrema;

perder a paciência irritar-se;

torrar a paciência a aborrecer; irritar;

(Do lat. patientìa-, «id.»)


© Copyright 2003-2007, Porto Editora.

9 comentários:

Anónimo disse...

Adorei esta "paciência"
Tenho passado por aqui mas não consegui comentar. Tb o blog das canções....partilho de muitas..
Qunto ao Nine inch tb sou capaz de ir...meu marido fã, e sinceramente há mtas musicas que têm uma "pica" unica.
No meu blog já coloquei a letra de uma...closer.
Beijocas grandes!
E o amigo Paulo, sempre nos paises frios....

Polly, Sónia

Nuno Guronsan disse...

Eu também costumo ter muita paciência, mas por vezes não há Job que aguente...
O amigo Paulo apenas está num país mais frio, porque aqui também não temos muitas razões para nos sentirmos quentinhos ;))

Beijos.

PenaBranca disse...

agora percebi porque passei o dia com as orelhas quentes. haja paciência!

doceKin disse...

Por acaso ñ sabes onde se vende, ñ?
Tem-me andado a fazer falta...

Nocas disse...

Tenho pena é que ainda não seja comercializada em frasquinhos, comprimidos, pó, ampôlas...às vezes dava-me tanto jeitinho....

Ms D. disse...

Por isso é que a paciência é um substantivo feminino (^_^)

A disse...

Paciência...

Já tive menos, estou mais paciente, mais calma...

(ouvi dizer que as coisas boas fazem-se esperar)


Beijos ;)

Nuno Guronsan disse...

A paciência até pode ser um substantivo feminino, mas aqui nesta caixa de comentários anda muito boa mulher a pedir umas ampôlazinhas de paciência... Afinal em que ficamos? :))

Hoje também estou mais paciente... deve ser do sol e da folga...

Patrícia disse...

Cada vez mais, a paciência é um dom raro. Raríssimo. Se se vendesse, teria um preço exorbitante. Preciosa. Esgoto-a com quem amo e com quem trabalho. Guardo só um bocadinho para conseguir sair (calada) antes de explodir e dizer palavras agressivas da boca para fora.

:)

Beijocas, Nuno