domingo, outubro 08, 2006

Perdido no tempo - IV

Porque às vezes é bom ser criança outra vez e esquecer as "gravatas" que nos prendem a uma existência quase adulta, o que quer que isso seja. Não se trata de uma nostalgia oca, mas apenas de recordar algo que fazia as minhas delícias quando era criança e que ainda recordo com um sorriso nos lábios e que me faz sonhar outra vez em ser um moscãoteiro...


6 comentários:

Barritos disse...

Belas recordações amigo...
Isto sim eram desenhos animados.
as fotos que mandaste estavam muito porreiras, um grande abraço,

A disse...

:D

"ah e tal..."

A geração rasca meus amigos!!! Somos nós!!!

Beijinhos

José Raposo disse...

Não estás a esquecer do Marco? en español...

cristal disse...

sinto aqui um bocadinho de nostalgismo. também sofri do mesmo mal depois de ter visitado mistério juvenil.com

Nuno Guronsan disse...

Geração rasca ou à rasca? Nunca compreendi muito bem o que é que o Vicente Jorge Silva queria dizer com isso...

Olha, desculpem lá, mas deu-me para isto. Prefiro isto mil vezes ao fenómeno do Songoku durante os meus tempos de faculdade...

Patrícia disse...

"Dartacão, Dartacão, correndo grandes perigos..." :) Eu tinha a música em vinil e tudo. :)

Beijinhos, Nuno