quinta-feira, dezembro 24, 2009

Prenda Minha - IX

Ao contrário de outros anos, hoje faltam-me as palavras. Não que tenha perdido o meu espírito natalício, muito pelo contrário. Simplesmente as palavras escapam-me, soltaram-se, andam por aí, espalhadas pelo mundo, numa edição limitada àqueles que ocupam pequenos espaços no meu coração. Espaços alegres e emocionais, tudo menos cinzentos, como alguém comentava no outro dia. E assim não há muito mais a dizer. Deixo-vos uma música do meu filme de Natal preferido. Feliz Natal a todos e todas!

7 comentários:

Desambientado disse...

Fiz um presépio, onde...

Os anjos cantam em coro,
Glória a Deus e Paz na Terra.
Nessa aldeia não há guerra,
Nem quero que haja choro,
Estão lá os meus amigos,
Os recentes e os antigos,
É nesse lugar que moro.

Boas Festas

cal...formerly known as calamity disse...

Um bocadinho das que te faltam está guardada comigo, em lugar de honra, entre os meus livros mais preciosos.
Obrigada. Aínda bem. Por mais esta razão «obrigada», que bom, a gostar aínda mais de ti...

Que os dias que aí vêm sejam novos.
Feliz Natal

Girl Afraid disse...

O NOSSO filme de Natal preferido.

Thanks!

:)

Grande Tim Burton. Grande.

Beijocas

Nuno Guronsan disse...

Obrigado, meus amigos.
Vocês tornaram o meu Natal mais quente.

Felicidade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Felicidade disse...

É sem dúvida das palavras e dos actos que sai o que vai na alma, e as tuas meu lindo deixam-se sempre com um sorriso nos lábios ;)
Já o li, sendo que algumas reli, pois já vou acompanhando este cantinho cinzento, ou não, à alguns anos. Espero mesmo que isto seja o início de algo de muito bom para ti, que não fique mesmo por aqui, é o que te desejo a ti.
Deixo por aqui o meu agradecimento especial, foi a melhor prenda que recebi com diversas cores, sabores, sentires....Cheio de Alma.... É tão simples fazer alguém feliz, mesmo podendo o Ser ser complicado, não é?
Um beijo muito especial

Nuno Guronsan disse...

Não tenho palavras.
Apenas obrigado, por teres gostado, e obrigado, por seres minha amiga.

Beijos grandes, já quase em 2010.