sábado, janeiro 05, 2008

Impulso

As dezassete horas e dez minutos do dia quatro de Janeiro de 2008 podem tornar-se um momento realmente importante... ou apenas mais um momento de auto-expiação insignificante pelos pecados cometidos dia sim, dia não...

"Gentleman. It's called education. It doesn't come off the side of a cigarette carton. It comes from our teachers, and more importantly, our parents. It is the job of every parent to warn their children of all the dangers of the world including cigarettes so that one day when they get older, they can choose for themselves."



6 comentários:

PenaBranca disse...

e ainda nao sabemos o que aconteceu a 4.01.08: recomecaste a fumar??

A disse...

Vi esse filme o ano passado. Na altura em que passadas semanas sem fumar, recomecei furiosamente a fazê-lo. Sem remédio? Não sei. Acho que 2008 trouxe equilíbrio. Fumo um por dia. E não sinto a falta de... há coisas fantásticas não há?

:D

Beijos (vamos ser capazes Guronsan!)

Nuno Guronsan disse...

Amigo Pena, isso já tinh recomeçado há uns meses atrás, com o erro de ter voltado a comprar maços há uns dois meses atrás. Agora começa o verdadeiro calvário, o de bater com a porta à nicotina...

Também vi, A. Aliás, há um post mais lá atrás, sobre este mesmo filme. Achei que era especialmente adequado voltar a ele por estes dias...

Abraços e beijos.

Filipe disse...

Mais ou menos por essa hora, ali pelos lados de Queijas, o perfume de chá do Ceilão acabado de fazer despertava o torpor causado por uns quantos copos de vinho... A Beatriz e o Várzea entravam no refúgio da sala, depois de também expiar os seus pecados na varanda, debaixo de uma névoa fria e húmida (ela, pecado ocasional, ele, mais habitual)... Faltas-te tu à chamada... :)
Um abraço...

Abssinto disse...

Ainda não o comprovei, mas sei que os meus charutos vão deixar de me saber tão bem.

Nuno Guronsan disse...

Um grande mea culpa, amigo Filipe. Prometo não faltar à próxima chamada. Grande abraço e um beijo à Bea.

Abssinto, meu caro, acho que até disso vou abdicar nos futuros casamentos a que vá :)
Abraço.