segunda-feira, novembro 23, 2009

Reencarnar

verbo intransitivo
RELIGIÃO (alma) entrar para outro corpo que não era o que ocupava anteriormente
(De re-+encarnar)

(in Infopédia)


Confesso que é uma possibilidade que me agrada. Ter a oportunidade de fazer e sentir coisas diferentes daquelas que faço e sinto nesta vida actual. Não que esteja desgostoso com esta, ainda que por vezes não seja fácil nem completamente satisfeita. Mas saber que quando esta etapa chegasse ao seu término havia a chance de fazer tábua rasa e começar tudo de novo, é algo que me deixa curioso. Curioso para saber como seria, como se diz ali em cima, "entrar para outro corpo" e caminhar com os sapatos de outrém. Ver as coisas com outro par de retinas, ver coisas diferentes das que vejo agora, sentir outras emoções díspares das que sinto no meu quotidiano. Descobrir outros mundos longe daquele que tenho agora. Já sei que vai haver quem analise aprofundadamente estas palavras (ou não, o ego é sempre uma coisa um bocado parva), mas não, não quero passar para esse "outro corpo" antes de terminar a viagem que levo neste. Até porque acho que ainda se vão suceder coisas muito interessantes nesta vida, que ainda vou ter muito para escrever para além das três dezenas e pouco de anos que me têm dado tantas e tantas experiências diferentes e nas quais, olhando para trás, ainda me custam que tenham acontecido. Na verdade, sinto que já ando a ter várias reencarnações em apenas uma (promoção leve 2 pague 1), que há coisas que parecem pertencerem a vidas passadas, que hoje tudo parece tão distante que quase me custa a acreditar que tenham acontecido. Portanto, acho que me posso deixar iludir com essa ideia do reencarnar, de levar parte da alma que agora tenho para outra vida, e continuar a viver, a tentar chegar a ser um ser humano (ou outra coisa qualquer) melhor, melhor do que sou agora, e continuar a aumentar a gaveta de recordações de vidas passadas por aqui. E até conseguir viver coisas que nunca aconteceram a não ser nas palavras ficcionadas que por vezes me passam pela cabeça. Isso também seria engraçado.

5 comentários:

PenaBranca disse...

mais valia teres gasto o tempo a ver o desfile dos 'segredos da vitória'... não estás a dizer coisa com coisa. mas se estás com tanta vontade, bebe uma 'tiger' que aqui mostra bem o que acontece em reencarnações (in)desejadas: http://www.youtube.com/watch?v=blWZR3hyLp0

Miss Kin disse...

Desculpa, ando um bocado para o dark side, mas não me anima pensar que posso passar pela más experiências, que tenho tido, todas de novo...

Sinhã disse...

que dizes a uma alface, fresca e verdinha?:-)

Felicidade disse...

Amigo! já sei que vais pensar....lá está ela! Mas já sabes que para mim a reencarnação tem todo o sentido, sendo algo que cada vez mais creio como "um facto"....O ideal seria levares este teu espaço para poderes te lembrar de cada patamar!!
Vai-te refrescando com uma Tiger Beer, que eu continuarei a vir aqui saborear as tuas palavras ficcionadas ou não fazem parte de ti!! E gosto!
Um abraço apertadinho continuando à espera.....

A disse...

Devíamos ter direito a uma vida grátis, para gastar da forma que quiséssemos com recursos ilimitados para fazermos o que mais gostássemos, caso nos portássemos bem nesta vida, a vida real.

Tipo cheque-prenda... uma vida-prenda.

Se tal fosse possível, como gastarias a tua, Nuno?