terça-feira, maio 27, 2008

Ainda a Voz

Ontem foi uma noite de blues.
Blues lindíssimos, frágeis e imaculados. E de encarnações várias, de Aretha a Jagger, de Frank a Billie, passando por Dylan, mas sempre, sempre com a voz de Chan, penetrante e imparável.
Uma noite para recordar, em sonhos. Porque o poder da gata® é grande, enorme.

Don't Explain
A Woman Left Lonely
Silver Stallion
New york
Lost Someone
Dreams
Lord Help the Poor and Needy
Dark End of the Street
She's Got You
Metal Heart
Making Believe
Hey Aretha
Ramblin' (Wo)man
Blue
Where Is My Love
The Moon
The Greatest
Lived in Bars
Life of the Party
Could We
Satisfaction
Black Angels (Angelitos Negros)
I've Been Loving You Too Long (To Stop Now)



7 comentários:

inBluesY disse...

bem nice
sortudo.

Nuno Guronsan disse...

Foi bonito, acima de tudo.
Beijo.

Vertigo disse...

pois deve ter sido :)

Nuno Guronsan disse...

Parece que ainda estou a ouvir a voz da menina a ecoar na minha cabeça...

Estou apanhado, é o que é...

intruso disse...

Infelizmente não pude testemunhar o poder da Gata........
:/

(todos me contam que foi excelente...)


abraço

A disse...

Estás apanhado estás...


Olha que bela coincidência. ouvi os Zita o outro dia. e já há uns bons meses para não dizer anos que não ouvia

Happy
Happy
Happy

...

:))

O Poder da Gata é muito bom.

A disse...

Tens algo contra as big girls?


Hmmmm....