quarta-feira, setembro 05, 2007

Desabafo

Passam pessoas atrás de pessoas nos corredores.

Um deles vem mesmo com pressa, a gravata tentando acompanhá-lo enquanto vai falando ao telemóvel. Apenas algumas palavras saem de forma auditiva. “Ora, não há mal que dure para sempre!”

 

Não podia concordar mais. Infelizmente, e de acordo com o método científico, a experiência vai sempre contrariando a teoria. Pelo menos nestes corredores labirínticos...

2 comentários:

O Profano disse...

De vez em quando tenha essa impressão.
Mesmo quando não ando com gravata...


abr...prof...

Vertigo disse...

Olá Nuno,vim te agradecer a visita,já te leio há algum tempo,nunca tendo deixado nenhum comentário...aproveito e deixo os parabéns pelo teu outro espaço musical,onde me delicio sempre,com o bom gosto das canções..eu que A-M-O música,vou descobrindo algumas por lá,que não conhecia..sempre a aprender ;)

um beijinho