sexta-feira, junho 22, 2007

Chain-blog 2.0

O que é para ti um MAU filme?

Há maus filmes dentro de todos os géneros, o que significa que há grandes probabilidade de na maior parte das vezes apanharmos um mau filme pela frente. Hoje em dia, para mim, um mau filme está normalmente associado a uma má história, mal contada, mal interpretada e completamente vazia de conteúdo. É claro que mesmo vazios de conteúdo, há filmes que se "deixam" ver, especialmente naqueles momentos em que não nos apetece pensar muito.

Remakes ou sequelas: Havendo apenas estas duas escolhas sem opção de recusa, qual assistirias?

Sem opção de recusa, e na teoria, escolheria um remake. Gosto sempre de espreitar um diferente ponto de vista para uma história que já conheço. E até porque as sequelas costumam ter um prazo de validade muito curto e ao fim de algum tempo todas elas se tornam cansativas e previsíveis. Eu sei, estou a generalizar...

Que tipo de filme português gostarias de ir ver ao cinema?

A questão do financiamento, como o Ricardo mencionou, é de facto importante. E passa por aí haver um desenvolvimento do cinema português enquanto indústria, até porque nos tempos recentes já ficou mais que provado que há apetência do público para o cinema feito por cá. Em termos de estilo, gostava de ver um filme onde pudéssemos ver uma Lisboa futurista...

Que cliché cinematográfico já não tens pachorra para ver novamente?

Gosto especialmente daquele em que os "maus" secundários morrem sempre à primeira bala enquanto o "bom" leva tiros, cortes de faca, explosões a cinco milímetros de distância e mesmo assim sobrevive a tudo. É um clássico.

Qual o teu fan video preferido?

Não será o preferido mas aqui há uns tempos vi um, português, a gozar com o Senhor dos Anéis... simples e engraçado...

A quem desafias este questionário?

Pode ser o Suburbano, o Estações Diferentes e o Flores de Inverno (que a partir deste momento já me devem estar a rogar pragas...)

(em resposta ao Ricardo)

4 comentários:

Ricardo disse...

Nuno,

Gostei das respostas e também partilho que uma Lisboa futurística daria um grande filme.

Obrigado por teres aceite o desafio.

Um grande abraço,

Nuno Guronsan disse...

Apesar destas coisas me darem sempre grandes dores de cabeças (penso que compreendes) é sempre por amizade que aceito estes desafios. E este até é um bocadinho mais alternativo, por isso foi um prazer, Ricardo.

Abraço.

Gi disse...

caro nuno,
com algum 'delay', mas já está. lá no jardim, encontras o meu humilde contributo para esta 'chain-blog'..
devo dizer-te que gostei do desafio mental!
um abraço.
gi.

Nuno Guronsan disse...

Ainda bem... normalmente as pessoas ficam com alguma urticária por terem que responder a estas coisas, o que não censuro, pois eu também tenho alguma dificuldades em entender isto... :)

Abraço, Gi.