segunda-feira, maio 21, 2007

Mentes pequeninas

"Todos temos direito ao nosso momento de profunda estupidez. É algo que subitamente nos aparece e que não poucas vezes nos faz veicular pela blogosfera aquilo que podemos chamar ideias de merda. E são de merda os muitos disparates que se têm escrito na blogosfera sobre a doação de sangue por homossexuais."

(no Dolo Eventual)

Eu não diria melhor, meu caro amigo. Eu não diria melhor.
Até porque há certas sensações que nunca deviam ser negadas a quem quer que fosse. Pelo menos não com base num preconceito idiota e sobranceiro.

6 comentários:

Luís Galego disse...

subscrevo em absoluto o teu comentário....

Ricardo disse...

Nuno,

Completamente de acordo. O que tu chamas de estúpido eu chamei de surreal, ambos os adjectivos parece-me aceitáveis. O acrescento do idiota também serve, para não ir mais longe.

Abraço,

José Raposo disse...

Breve visita de médico, isto agora como sabes tem sido assim... para te dizer que estamos em sintonia, o que tb já sabia :) Abraço

O Profano disse...

bOAs...
Admiro-me com a falta de dadores e de sangue habitual hoje em dia, que ainda se recorra a proscrições deste tipo para afastar dadores saudáveis, pois a saude não depende somente das opções sexuais de cada um.

Abr...Prof...

AR disse...

Há quem se preocupe em ficar "contagiado" ou "diminuído" por receber sangue de alguém que provavelmente tem mais noções do "bem" (seja este bem de carácter religioso, ou não) do que ele próprio...

Há outros que acreditam que os glóbulos vermelhos (e já agora os brancos também) de quem não segue os seus padrões são mais incapazes e incompetentes que os seus.

Eu pessoalmente agradeço o facto de certas ideias idiotas não serem transmitidas por via sanguínea e respiratória …

e espero que se alguma vez precisar, receber o sangue de Alguém (que provavelmente não me conhece, nem conhecerá) mas se preocupou o suficiente.

:)

Micas disse...

E mais palavras para quê?? em completa sintonia contigo e, sem mais palavras.
Beijinho